Dados abertos sobre alimentos

março 25, 2013 em Dados abertos, Destaque, OKF Brasil

Tradução por Danilo Gonçalves do artigo Open Food Facts, de 4 de março de 2013.

Um dos projetos mais legais que a OKFN França lançou durante o Open Data Day, na semana passada, foi o Open Food Facts. Trata-se de um banco de dados aberto à livre colaboração sobre informações alimentares de todo o mundo, com o objetivo de ajudar os consumidores a fazerem as melhores escolhas ao decidirem o que colocam em seus organismos, assim como motivar as empresas a serem mais criteriosas na produção de alimentos.

Open food facts

A alimentação vem se tornando, cada vez mais, uma questão política. E a segurança alimentar tem crescido na agenda internacional e se tornado um dos aspectos mais falados quando se trata de um plano estratégico para o futuro. Desde questões como quem detém as patentes das sementes que as pessoas precisam para sobreviver a questões sobre os efeitos dos agrotóxicos no corpo humano. E para que seja possível compreender o impacto dos nossos hábitos de consumo no meio ambiente, informações sobre os alimentos são essenciais e, geralmente, difíceis de se conseguir.

Foto de Vladimir Kirakosyan, extraído da Wikimedia Commons.

Como os produtos chegam até você?
Foto de Vladimir Kirakosyan – extraída do Wikimedia Commons.

O G8 está organizando uma Conferência Internacional sobre Dado Abertos na Agricultura (International Conference on Open Data in Agriculture), que acontecerá nos dias 28 e 29 de Abril. A idéia é compartilhar abertamente informações úteis sobre a agricultura além das fronteiras internacionais, para que todos possam avançar na direção de uma segurança alimentar cada vez maior. Mais especificamente, o G8 se comprometeu a compartilhar essas informações com países africanos para que seja possível “um aumento sustentável no nível de segurança alimentar”.

Há um canal aberto (open call for ideas) para que sejam apresentadas ideias na conferência; portanto, se você sabe como dados abertos podem melhorar a segurança alimentar e o manejo dos alimentos, considere a possibilidade de se fazer ouvir. O pessoal do Open Food Facts vai adicionar essas ideias em sua carta ao G8 explicando a importância de cada uma delas. O prazo para o envio foi estendido até 08 de março, portanto este é o momento.

Se você quiser se envolver em discussões sobre temas como dados abertos, alimentação e sustentabilidade, registre-se no grupo de trabalho da Open Knowledge Foundation para a sustentabilidade, o Open Sustainability Working Group.

1 resposta para Dados abertos sobre alimentos

  1. Muito obrigado! I don’t think we have products from Brazil yet, it would be nice to have some Brazilian products! We do have a version in Portuguese: http://pt.openfoodfacts.org It’s only partly translated though, any help to continue the translation will be very welcomed!

    We also have a Facebook group for Portuguese speaking contributors: https://www.facebook.com/groups/420574551372737/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <section align="" class="" dir="" lang="" style="" xml:lang=""> <style media="" type="" scoped="">