Lançado Manual da Educação Aberta

Nota: Essa é uma adaptação deste post escrito por Marieke Guy para o Grupo de Trabalho em Educação Aberta da OKFN.

No fim de Janeiro traduzimos o rascunho do Open Education Handbook para português (BR) como parte do Dia da Educação Livre.

Foto da sala utilizada para tradução.

Da direita para a esquerda, Raniere, Tel e Panaggio.

A tradução ocorreu na Casa de Cultura Digital de Campinas onde Raniere, Tel e Panaggio trabalharam na tradução com a ajuda de outras seis pessoas.

E hoje estamos felizes em tornar a tradução disponível no formato EPUB (como o texto original ainda não está em sua versão final alguns capítulos possuem apenas comentários e links):

A nossa meta era fazer uma tradução contínua do Open Education Handbook, entretanto isso não é possivel agora devido a dificuldades técnicas relacionadas com o uso do Booktype em conjunto com o Trasifex (para mais informações sobre essa dificuldades veja esse relatório, apenas em inglês).

Durante a tradução identificamos algumas questões importantes que precisam ser consideradas nas próximas etapas do manual:

  • Alguns trechos foram copiados e colados de sites que não licenciam explicitamente seu conteúdo de forma livre/aberta (na maioria das vezes são descrições de projetos presentes na página dos mesmos). Não menos importante, será preciso um esclarecimento sobre esse conteúdo.
  • A maioria dos exemplos e referências possuem origens nos Estados Unidos ou Europa, isso impõe uma barreira liguística e contextual a leitores de outras localidades que não falam inglês.
  • Existe uso considerável de novos conceitos e neologismos, e algumas vezes essa nova terminologia é difícil de traduzir.
  • Em alguns lugares encontramos URLs e em outros links. Existe a necessidade de uma padronização no manual.

Também existe uma questão técnica relacionada ao HTML. Em algumas partes existem informações de marcação e estilo trazidas do Google docs que tornam a tradução mais difícil. O HTML poderia ser mais limpo.

Essas são preocupações comuns, considerando que este é um recurso criado colaborativamente e que ainda encontra-se nos seus primeiros estágios. Nós buscamos inicialmente uma tradução literal do material. Idealmente (ou como próximos passos) o recurso será remixado, considerando contribuições que poderam beneficiar a versão brasileira, adicionando novos conteúdos e fazendo novas conexões, que podem ser reutilizadas para aprimorar a versão em inglês.

Essa foi uma oportunidade interessante para experimentar Booktype e Transifex e para trabalhar colaborativamente com o objetivo de expandir o alcance de um material valioso. Como um sub-projeto, nós iremos remixar parte deste conteúdo, depois de algumas adaptações, ao Caderno REA, um livro aberto sobre Recursos Educacionais Abertos escrito colaborativamente, sob uma licença aberta (CC-BY) e distribuido em uma wiki e também de forma impressa.

2 thoughts on “Lançado Manual da Educação Aberta”

  1. Parabéns a todos os envolvidos pela tradução, achei importante também seus apontamentos sobre ” Também existe uma questão técnica relacionada ao HTML. Em algumas partes existem informações de marcação e estilo trazidas do Google docs que tornam a tradução mais difícil. O HTML poderia ser mais limpo.” –

    Acredito que isso seja um dos grandes problemas com lance das traduções de materiais em inglês, sempre traduzimos materiais também e no final das contas temos que rever as concordâncias novamente, para que nada fuja do escopo do texto.. Realmente todos estão de parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *