Conheça os vencedores da Hackatona #VaiMudarNaCopa

Hackatona

Durante 10 dias, a Hackatona #VaiMudarNaCopa esteve aberta para os cidadãos inscreverem seus projetos. Cerca de 20 grupos participaram da competição, feita para estimular aplicativos web ou para celular que apoiem manifestações pacíficas e democráticas no Brasil.

Nosso comitê avaliou os projetos inscritos e selecionou os 3 melhores aplicativos, levando em conta também o voto popular. É com enorme satisfação que anunciamos agora os vencedores e damos a eles os devidos parabéns:

1. Protesto Pacífico, por Américo Neto (Santos, SP)

Protesto Pacífico

Américo Neto é formado em Ciências da Computação e trabalha como desenvolvedor há 8 anos. Interessado em node.js, ficou sabendo sobre a Hackatona #VaiMudarNaCopa na lista nodebr. “Minha motivação foi grande quando vi que o prazo era bem curto”, explica ele.

Américo Neto

Seu projeto se chama “Protesto Pacífico” e tem como objetivo cadastrar as manifestações agendadas e medir a aprovação delas, sempre protegendo a identidade do cidadão. “Às vezes, queremos apoiar um protesto, participar dele, mas não queremos ser identificados”.

Quando participamos de um evento no Facebook apenas para apoiá-lo, nosso perfil é listado para todos os outros usuários. No Protesto Pacífico é diferente: “Sou a favor ou contra, mas publico somente se eu quiser e, claro, sem necessidade de cadastro”, completa.

okfest-logo

Américo está empolgado com os prêmios recebidos e com a participação no OKFestival 2014 em Berlim. “Foi a primeira vez que participei de uma Hackatona e estou feliz com o resultado!”. Para as próximas semanas, novas funcionalidades e aprimoramentos estão planejados.

“Minha participação foi possível apenas porque esta hackatona, diferente de muitas outras, não teve data, hora e local determinados”, destaca, Américo Neto, finalizando: “Trabalho em período integral e desenvolvi todo o projeto no período da noite, após chegar em casa”.

2. Gigante Alerta, por Alvaro Cavalcanti (Recife, PE)

Gigante Alerta

Alvaro Cavalcanti é desenvolvedor de softwares há 15 anos. Esta foi a primeira hackatona da qual participou, mas suas experiência com outras maratonas de desenvolvimento é bastante extensa: já participou e organizou algumas edições do Global Game Jam, em Recife.

Alvaro Cavalcanti

O projeto Gigante Alerta nasceu no ambiente empresarial, dentro da ThoughtWorks Recife. A Hackatona #VaiMudarNaCopa circulou na lista interna da empresa e Alvaro decidiu participar. Em seguida, mais 8 companheiros de trabalho e conhecidos se envolveram no projeto.

A equipe completa é: Álvaro Cavalcanti, Alabe Duarte, Filipe Lins, Guilherme Silva, Taíse Assis, Tássia Spinelli, Rafael Fernandes, Victor Shyba e Vini Andrade. Como a justiça social é um dos pilares da ThoughtWorks, seus funcionários são encorajados a empreender projetos do tipo.

O aplicativo busca ser a melhor forma de manifestantes se informarem uns aos outros. “Se há um conflito ou confusão durante um protesto, nosso usuário pode reportar rápidamente e com poucos cliques esse acontecimento. Não é necessário escrever nada!”, explica Alvaro.

Para ele, é significativo que o 2º lugar tenha sido conquistado por um grupo fora do sudeste do país. “Isso atrai e inspira novas pessoas para o conhecimento livre. Chama a atenção sobre o que é uma hackatona, suas motivações e sobre os talentos que existem em Recife”.

3. Legião, por Anderson Binário (São Paulo, SP)

Legião

Anderson Binário é desenvolvedor “desde sempre” e trabalha na Zona Sul da cidade de São Paulo. Fundador da Locamob, há algum tempo pensa na produção colaborativa de conteúdo. Em apenas 7 dias, desenvolveu sozinho o aplicativo Legião, já disponível na Play Store.

“Legião é um fórum geolocalizado”, segundo Anderson. “Quando estou em uma manifestação, acho difícil encontrar o que as pessoas estão publicando sobre aquele ato. Mesmo no Twitter, as informações ficam difusas e desorganizadas. É difícil acompanhá-las em tempo real!”.

O aplicativo recém-lançado continua em processo de aprimoramento. Estão previstas a versão 1.0 definitiva para Android e também uma para iPhone. “Quero ainda adicionar funções, integrar com o Twitter, possibilitar que os usuários atribuam hashtags, criem tópicos e categorias.”

Muito obrigado!

A todos os outros participantes, àqueles que ajudaram a divulgar o evento ou que votaram em seus aplicativos favoritos, nosso muito obrigado! A Open Knowledge Brasil está muito satisfeita com as várias ideias criativas que surgiram e adianta que novidades virão!

2 thoughts on “Conheça os vencedores da Hackatona #VaiMudarNaCopa”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *