Gastos Abertos divulga informações sobre portais de transparência brasileiros

Segundo levantamento da Transparência Internacional, divulgado no final de 2017, para 78% da população, a corrupção aumentou no Brasil. Em 2017, com o objetivo de mobilizar a população por maior transparência no nível local, o projeto Gastos Abertos, da Open Knowledge Brasil, contou com a participação de líderes de 110 municípios brasileiros no segundo ciclo da iniciativa (resultado do relatório parcial divulgado no final de dezembro de 2017).

Ao todo, foram 175 inscritos, 68 portais de transparência avaliados; 27 pedidos de acesso à informação gerados, 88 líderes ativos e mobilizados por meio do canal oficial do Gastos Abertos no WhatsApp, entre outros dados relacionados ao trabalho realizado no segundo semestre de 2017.

Thiago Rondon, coordenador do projeto, destacou o aprendizado da jornada. “Os grandes aprendizados do segundo ciclo estão relacionados ao entendimento sobre atuação e a motivação dos líderes para a transformação nas suas cidades. Ficou claro que a tecnologia deve trabalhar para eles e ser um canal de construção. Nos próximos meses, nosso foco é adaptar melhor a tecnologia com esse propósito e fortalecer o relacionamento com esses transformadores locais”, disse.

Os ciclos do Gastos Abertos

O primeiro ciclo começou em janeiro e contou com a participação de 150 municípios. Em julho, publicamos o relatório do ciclo 1. Em agosto, iniciamos as inscrições para o segundo ciclo do jogo com uma novidade: o Guaxi – robô que foi desenvolvido com tecnologia chatbot (que simula interação humana com os usuários) para dar assistência aos participantes.

Sobre os Portais de Transparência

Portais de Transparência avaliados: 68
Portais de Transparência existentes: 66
Portais de Transparência com dados de execução orçamentária: 66
Portais de Transparência que permitem download dos dados: 55
Portais de Transparência que disponibilizam os contratos assinados: 47
Portais de Transparência que disponibilizam licitações: 62
Portais de Transparência que permitem o acompanhamento do processo de licitações: 47
Pedidos de acesso à informação gerados:: 27

Algumas metas do Gastos Abertos para 2018:

  • Marcar presença nos 26 Estados + DF
  • 1000 líderes mobilizados
  • 200 portais de transparência mapeados e avaliados
  • 100 pedidos protocolados pela LAI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *