Catherine Stihler é a nova diretora executiva da Open Knowledge Internacional

Catherine Stihler foi nomeada como a nova CEO da Open Knowledge Internacional. Stihler tem anos de experiência na criação e compartilhamento de conhecimento no cenário global. Ela se juntará à equipe da OKI em fevereiro e deixará o parlamento europeu no final de janeiro, após uma extraordinária carreira de quase 20 anos na elaboração de políticas da União Europeia.

Catherine foi deputada da Escócia desde 1999, onde vive com o marido e os filhos pequenos. Nesta função, foi vice-presidente da Comissão do Mercado Interno e da Proteção dos Consumidores do Parlamento Europeu e foi a autora de relatórios e opiniões influentes que moldaram a política da UE.

Ela também é ex-reitora da Universidade de St. Andrews – onde recebeu um doutorado honorário no início deste ano. Ela trabalhou em política digital, priorizando o mercado único digital, habilidades digitais, proteção de dados on-line para cidadãos, reforma dos direitos autorais para apoiar as liberdades da Internet e o papel da Inteligência Artificial e da automação.

Catherine Stihler | Crédito: European Parliament audiovisual

“Estou adorando novos desafios e oportunidades com a Open Knowledge International. Habilidades digitais e uso de dados sempre foram uma paixão pessoal, e estou ansiosa para ajudar grupos em todo o mundo a criar e compartilhar conhecimento aberto, e encorajar a próxima geração a entender que informação é poder que pode ser usada para lidar com a pobreza e outras desafios sociais ”, disse Catherine.

Já Tim Hubbard, presidente da diretoria da Open Knowledge International, afirmou: “Estamos muito felizes em dar as boas vindas à Catherine ao nosso time. Ela tem anos de experiência na formulação de políticas e no uso de evidências e abertura para ajudar a enfrentar desafios globais, como mudanças climáticas, liberdades na internet e saúde pública. Catherine demonstrou capacidade de reunir pessoas, construir coalizões e confiar em um mundo que realmente precisa disso. Ela traduziu conhecimentos complicados e técnicos sobre habilidades digitais, direitos autorais e inteligência artificial para ajudar a moldar a política europeia, fazendo uma diferença real e duradoura para centenas de milhões de pessoas. Seu dinamismo, energia e comprometimento serão inestimáveis para o movimento aberto quando enfrentarmos os novos desafios do século 21”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *