Saiba o que aconteceu na primeira rodada do Open Data Day 2019

  • texto por Pedro Vilanova

No último sábado, 09 de março, aconteceram os primeiros eventos no Brasil para celebrar o Open Data Day, data criada para promover o uso de dados abertos. A iniciativa se espalha pelo mundo todo, de forma independente, com workshops, palestras, rodas de discussão e hackatons.

Esse ano, as 3 áreas chave de discussão foram: rastrear fluxo de dinheiro público, mapeamento aberto e desenvolvimento igualitário. O público do Open Data Day é bastante diverso: servidores públicos, desenvolvedores, designers, advogados, estatísticos e demais cidadãos interessados.

No Brasil, a iniciativa se espalhou por diversas cidades, com atividades diversas, desde pequenos eventos até produções maiores, com ingresso antecipado e programação para todo o dia – a maioria deles gratuitos.

Em Recife, por exemplo, os participantes se reuniram por todo o dia e assistiram palestras sobre transparência e dados do governo, além de verem de perto o funcionamento de uma iniciativa de fiscalização de dinheiro público.

Em Porto Alegre o evento também durou o dia todo. A ideia da organização foi focar em dois dos pilares trabalhados globalmente: rastreamento de dinheiro público e desenvolvimento igualitário. O evento trouxe palestras de profissionais de diferentes áreas, como auditores, advogados e jornalistas. Nesse texto você pode acompanhar com mais profundidade as atividades realizadas na cidade.

Open Data Day reúne participantes em Porto Alegre – RS.

Seguindo o mesmo ritmo, em Curitiba o evento durou o dia todo com demonstração de cases de uso de dados abertos, com experiência práticas para os participantes. Em uma delas, os presentes fizeram um mapeamento das condições das calçadas curitibanas, resultando num trabalho de código aberto sobre mobilidade urbana e acessibilidade.

Se você perdeu a data e não participou de nada, fique de olho porque em algumas cidades o Open Data Day vai acontecer no dia 23 de março. É o caso do evento em Natal, que você pode conferir nesse link aqui e também em Fortaleza, que reunirá pessoas na Universidade Federal do Ceará.

Faça parte desse movimento. Acompanhe as conversas sobre open data no Semanário da Open Knowledge. A newsletter é totalmente gratuita e para participar basta se inscrever aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *