Projetos

Confira, abaixo, projetos desenvolvidos e apoiados por nós ou em parceria com outras organizações.

Projetos em andamento

Índice de Dados Abertos

open data index 2014
O objetivo do Índice de Dados Abertos (Open Data Index – ODI, em inglês) é avaliar o estado da política de dados abertos de cada país ou cidade, levando em consideração todas as suas características: o tipo de dado que é divulgado, os formatos, a facilidade de acesso e a transformação dos dados em informação, entre outras. O índice avalia diversas dimensões, tais como finanças públicas, dados socioeconômicos, legislativos e eleitorais, serviços públicos, informações geolocalizadas e indicadores ambientais. O índice oferece um parâmetro de referência sobre a capacidade dos governos de fornecer dados abertos, apresentando essa informação de forma clara, de fácil entendimento e usabilidade. Na segunda metade de 2016, a FGV/DAPP firmou uma parceria com a Open Knowledge Brasil com o objetivo de contribuir para o levantamento anual das informações do Índice de Dados Abertos nacional e para detalhar e aprimorar a metodologia do índice aplicado em nível subnacional – cidades. Esse é um projeto pioneiro na promoção da transparência nos municípios brasileiros, por ser uma iniciativa utilizada como ferramenta de avaliação e identificação de gargalos, para orientar os municípios em relação ao aprimoramento de suas políticas de dados abertos. A parceria entre OKBR e FGV/DAPP busca contribuir para que os municípios tenham ferramentas capazes de aumentar a eficácia de suas políticas de transparência e dados abertos e sua capacidade de resposta e diálogo com os cidadãos.

Gastos Abertos

Gastos Abertos logo
O projeto Gastos Abertos tem o objetivo de conectar o cidadão com o dinheiro e o orçamento público por meio de participação, acompanhamento e transparência da execução orçamentária, gestão contratual e processos licitatórios. A iniciativa oferece um passo a passo para aqueles cidadãos que desejam se tornar líderes locais, disponibilizando conhecimento e ferramentas para que possam atuar de maneira efetiva no controle e no monitoramento dos gastos públicos. Além disso, o Gastos Abertos conta com um time de mentores que auxiliam os líderes locais.

Escola de Dadossticker_escola_de_dados

A Escola de Dados oferece ferramentas para que organizações da sociedade civil, jornalistas e cidadãos possam ler e analisar dados da melhor forma possível. A iniciativa organiza expedições de dados, grupos de estudos e cursos sobre o tema.

OGP

A OGP é uma iniciativa internacional que pretende difundir e incentivar globalmente práticas governamentais que representam um novo paradigma de governança da coisa pública, voltadas para o aumento da transparência, da responsabilização dos governos e da participação da sociedade.

Projetos já realizados

EuVoto

Captura de Tela 2015-03-25 às 15.09.26O EuVoto é uma ferramenta que permite aos paulistanos opinarem sobre projetos de lei em tramitação na Câmara Municipal e é fruto de uma parceria da OKBR com a Fundação Avina. O software utilizado pela plataforma é o DemocraciaOS, um programa livre criado na Argentina, e já presente em cidades da Argentina, do México, da Ucrânia, da Finlândia, da Espanha e dos Estados Unidos.

Dialogando

Captura de Tela 2015-02-27 às 16.04.39O Projeto Dialogando é uma plataforma que traz temas como direito à privacidade, transparência governamental e liberdade de expressão na internet para o debate público das eleições de 2014 no Brasil. A iniciativa levantou questões específicas sobre esses temas aos candidatos e candidatas às eleições, proporcionando e divulgando suas respectivas respostas. O projeto contou com o apoio da campanha Web We Want da World Web Foundation, organização criada por Tim Berners-Lee em defesa de uma internet livre e aberta, e foi realizado pela Open Knowledge Brasil. Heloisa Pait, professora de sociologia da comunicação da UNESP, coordenou o projeto, com colaboração conceitual de Ruan Sales e técnica de Edgar Zanella.

Vai Mudar

Captura de Tela 2015-02-27 às 16.06.47O Vai Mudar é um projeto colaborativo que busca a transformação e participação social por meio da  tecnologia, que traz análises sobre o cenário político brasileiro, permite a visualização das relações entre poder econômico e poder público e a participação em discussões sobre projetos de lei com potencial para transformar a realidade brasileira. Com foco inicial na Copa do Mundo, promoveu manifestações pacíficas via uso criativo da tecnologia com o apoio da Fundação Avina Américas. Confira o vídeo Vai Mudar.

Cuidando do Meu Bairro

Cuidando do Meu Bairro

O Cuidando do Meu Bairro é uma ferramenta que permite que a sociedade possa conhecer melhor a temática do orçamento público, exerça o controle e a fiscalização dos gastos realizados em equipamentos públicos da cidade e promova ações concretas no seu bairro.

Orcamento ao seu Alcance-logoOrçamento ao Seu Alcance

O portal Orçamento ao seu Alcance tem o objetivo de disponibilizar a visualização do orçamento federal de forma mais simples. Ele sintetiza informações atualizadas e mensais sobre o desembolso financeiro dos ministérios e demais órgãos federais, que permite um acompanhamento do desempenho desses órgãos ao longo do ano, assim como comparações entre o volume de recursos disponíveis para cada área do governo federal. A iniciativa foi desenvolvida pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC), em parceria com a Open Knowledge Brasil. Captura de tela 2014-12-01 às 14.29.31

Mosaico Orçamentário

O Mosaico Orçamentário é uma ferramenta desenvolvida a partir do Open Spending, da Open Knowledge Internacional (OKI), que disponibiliza dados do orçamento federal de 2001 a 2014, oferecendo a possibilidade de filtragem por temas, por órgãos e também pela distribuição de partidos políticos. A iniciativa foi da Diretoria de Análises de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-DAPP) em parceria com a Open Knowledge Brasil e o jornal O Globo. 

Comunica DHComunicaDH

Realizado em parceria com a Incubadora de Projetos Sociais da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura Municipal de São Paulo (SMDHC), o projeto ComunicaDH buscou promover o uso das ferramentas de comunicação para divulgar os direitos humanos para toda a sociedade, resultando no “Relatório e diagnóstico de demanda, mobilização e espaço em comunicação de organizações sociais e socioculturais da cidade de São Paulo” com as demandas de comunicação de mais de 30 coletivos e organizações da sociedade civil (OSC) da cidade.  Saiba mais sobre a construção dessa parceria e acesse o relatório.

Diagnóstico_de_abertura_de_dadosDiagnóstico e Planejamento de Dados Abertos do Distrito Federal

Relatório com um diagnóstico para a abertura de dados governamentais no Distrito Federal e um plano de ação para a implementação de uma Política Distrital de Dados Abertos. Como base, o trabalho teve a Ferramenta de Avaliação de Prontidão em Dados Abertos (em inglês, ODRA – Open Data Readiness Assessment), formulada pelo Banco Mundial e traduzida para o português pela OKBR, que está disponível online para uso, redistribuição e adaptação livres. Saiba  mais sobre essa parceria e baixe o diagnóstico.

ILDA logoILDA – Iniciativa Latinoamericana pelos Datos Abiertos

A Iniciativa de Dados Abertos Latinoamericana (Iniciativa Latinoamericana por los Datos Abiertos – ILDA, em espanhol) é uma rede de organizações da região que busca promover a investigação, a apropriação e a utilização de dados abertos. A Open Knowledge Brasil participa dessa rede por meio da pesquisa da professora Drª Gisele Craveiro.

Grupo de Trabalho em Ciência Aberta

ciencia aberta - nuvemO Grupo de Trabalho em Ciência Aberta é formado por pesquisadores brasileiros que compartilham o interesse em discutir e promover o entendimento e a prática de processos abertos na ciência, nas suas diversas manifestações: acesso aberto a publicações científicas;  dados científicos abertos; ferramentas científicas abertas; ciência cidadã; educação aberta e recursos educacionais abertos; wikipesquisas. O grupo é formado por dezenas de pesquisadores ao redor do Brasil. Em julho de 2013, realizamos o I Encontro Nacional em Ciência Aberta.

MIRA – Mapa da Educação Aberta

logo mira fundo azulO  Mapa Interativo de Recursos Abertos (MIRA) é um projeto que identifica e mapeia iniciativas que disponibilizam recursos educacionais abertos (REA) em 24 países da América Latina. A parceria resultou também em um vídeo totalmente livre, que explica um pouco mais sobre o que são REA, como produzi-los e utilizá-los. A iniciativa foi realizada em parceria com o Núcleo de Informática Aplicada à Educação (NIED) da Unicamp, o Instituto Educadigital (IED) e a Escuela Superior Politécnica del Litoral (ESPOL).

Guia de Dados Abertos

O Guia de Dados Abertos discute os aspectos legais, sociais e técnicos dos dados abertos. Ele pode ser usado por qualquer um.  Discute o porquê, o que e como dos dados abertos – por que abrir, o que significa aberto e como ‘abrir’ dados. A iniciativa é resultado da parceria da OKBR com a W3C Brasil para o processo de revisão da tradução feita pela comunidade e publicação de uma versão impressa do guia, como o Manual de Dados Abertos.

manual de jornalismo de dadosManual de Jornalismo de Dados

O Manual de Jornalismo de Dados é resultado do esforço colaborativo de tradução do Data Journalism Handbook, publicação da O’Reilly Media e iniciativa do European Journalism Centre e da Open Knowledge Foundation. A tradução para português ficou sob responsabilidade da Abraji, que trabalhou ao longo de 2013 com 26 voluntários para chegar ao resultado final.

Definição de Conhecimento Livre Conhecimento Aberto

A Definição de “Aberto” estabelece princípios para definir ‘abertura’ em relação a conteúdo e dados – isso significa qualquer tipo de material ou dados ‘de sonetos a estatísticas, de genes a geodados’. A definição pode ser resumida na sentença que “Um conteúdo ou dado é aberto se qualquer um é livre para usar, re-usar e distribuí-lo – sujeito, no máximo, a condição de atribuição ao autor da obra e compartilhado pelo mesmo tipo de licença.” Saiba mais na publicação Definição de Conhecimento Livre.

Manifesto pelo Acesso AbertoAaron_Swartz1

Traduções do Guerilla Open Access Manifesto, escrito por Aaron Swartz em 2008. Projeto iniciado em homenagem ao Aaron após seu falecimento. Já temos 25 traduções feitas por  nossa rede.

HackAgenda

HackAgenda
O HackAgenda é uma agenda colaborativa de eventos hackers, de tecnologia da informação e comunicação, segurança, privacidade, dados abertos, transparência política, etc., eventos de makers/fazedores, Arduino, FabLabs, que ocorrem em todo o território brasileiro. Criado em setembro de 2013 para divulgar a frequência de eventos que ocorrem todo ano, HackAgenda já tem mais de 400 eventos ocorridos até o presente momento

DAL 2014

Desarrollando América Latina 2014

O Desarrollando América Latina é uma iniciativa que busca encontrar soluções de problemas sociais comuns aos países da região com a criação de aplicações cívicas inovadoras que unam tecnologia e dados abertos. No Brasil, em 2014, realizamos hackathons em Brasília, Salvador, São Paulo e online.

Desafio de Dados Abertos

O Desafio de Dados Abertos premia os melhores aplicativos criados por desenvolvedores do país para facilitar a leitura e o entendimento dos Dados Abertos organizado em parceria com a Câmara Municipal de São Paulo (CMSP). A competição consiste em duas fases, uma maratona de 48 horas para desenvolvedores analisarem os dados da CMSP e submeterem suas ideias, seguido de uma segunda fase para o desenvolvimento dos aplicativos com um código licenciado livremente.

the Data Hub

thedatahubthe Data Hub é um catálogo dirigido pela comunidade de conjuntos úteis de dados na Internet. Você pode colecionar links aqui para dados em toda a web para uso próprio ou de outros, ou pesquisar por dados que outros tiverem coletado. Dependendo do tipo de dado (e suas condições de uso), the Data Hub pode também ter condições de guardar uma cópia dos dados ou hospedá-los em um banco de dados, e providenciar ferramentas de visualização básicas.

Queremos Saber

Quer saber alguma informação pública de interesse coletivo, como os gastos dos seus vereadores, onde ficam as escolas públicas da sua cidade, quantos médicos estão disponíveis na rede pública do seu bairro e quantos crimes ocorreram num determinado período na região que você mora? O site Queremos Saber permite que a população faça solicitações a partir dele. Iniciativa mantida pela comunidade Transparência Hacker.

6 thoughts on “Projetos”

  1. Tenho uma ideia inovadora, onde estou iniciando o plano de negócio em parceria com SEBRAE. Esta ideia consite em devolvimento de uma software, visando pessoa físicas. Gostaria de opnião / indicação, onde posso expor esta ideia e ter possível parceria, além do SEBRAE.

Comments are closed.